Odontopediatria

Home / Tratamentos / Odontopediatria

Seu filho merece o que de melhor há: um profissional especializado em Odontopediatria.

Porque cada faixa etária necessita de tratamentos adequados, na Alinea temos um profissional especializado em bebés, crianças e adolescentes.

Desde cedo, logo que a dentição de leite esteja completa, por volta dos 2-3 anos, todos deveriam ter a oportunidade de visitar um odontopediatra. Isto familiariza a criança com o ambiente da clínica, além de fornecer aos pais orientações para o estabelecimento de uma excelente saúde oral do pequeno paciente.

Visitas precoces e regulares ao dentista podem prevenir:

  • A perda prematura de dentes;
  • O mal posicionamento dos dentes nas arcadas;
  • Problemas de erupção;
  • O aparecimento de cáries;
  • Dores e outras doenças da cavidade oral;
  • O medo do dentista, pois a criança estará habituada desde muito cedo;
  • Traumas e acidentes.

Cronologia da erupção dos dentes: inserir vídeo Erupção dos dentes (boca aberta).wmv

A importância dos dentes de leite (ou decíduos):

  • Mastigação dos alimentos numa fase em que a criança está em máximo crescimento;
  • Estimulam o crescimento dos ossos da face e dos maxilares;
  • Conforto psicológico e auto-estima das crianças;
  • Desenvolvimento da fala;
  • Servem de guia de erupção, pois preservam o espaço e o alinhamento dos dentes definitivos.

Dicas para uma boa higienização bucal em crianças:

  • A higiene bucal deve ser iniciada desde o aparecimento do 1º dente de leite. Para isso, utiliza-se gaze ou fralda umedecida com água, limpando o dente junto à gengiva, pela frente e por trás;
  • Quando o primeiro molar decíduo surge na cavidade bucal (em torno de 12 a 18 meses), a escova dental deve ser introduzida. Ela deve ser macia e de cabeça pequena;
  • Nesta mesma época, o creme dental deve ser introduzido. Sua quantidade deve corresponder a um grão de lentilha e não deve conter flúor;
  • A higiene bucal deve ser realizada pelos pais, pelo menos uma vez ao dia, preferencialmente à noite;
  • Deve-se diminuir o uso frequente de açúcar, principalmente entre as refeições e à noite. As refeições fora de hora também devem ser desencorajadas;
  • O biberão nocturno deve conter somente o leite puro (não utilizar açúcar e/ou outros produtos que contenham o mesmo). Mel e açúcar mascavo também provocam cárie;
  • O flúor importante para os dentes das crianças está disponível na água e no creme dental fluoretado, constituindo-se em um eficiente método de prevenção da cárie dentária;
  • Os suplementos de flúor ou vitaminas que contêm flúor em sua fórmula só devem ser usados em cidades que NÃO possuem água fluoretada;
  • Na dentição de leite há um tipo específico de cárie que pode se desenvolver: cárie de biberão. Está relacionada com o uso frequente e prolongado de biberões adoçados (principalmente leite com algum tipo de açúcar, chás adoçados, sumos, juntamente com a falta de higiene bucal);
  • Os pais devem ser orientados para que haja uma parceria com o odontopediatra, ajudando na vigilância e cuidados com os hábitos ou higiene do seu filho.

Queridos papás e mamãs, lembrem-se que a saúde oral dos vossos filhotes começa logo cedo. Procurem conselhos com um odontopediatra acerca de cuidados de higiene oral, alimentação, aplicação de flúor, selante de fissuras, mantenedores de espaço, aparelhos ortodônticos, entre outros. Teremos todo o gosto em contribuir para que todas as crianças tenham um sorriso saudável e bonito.